quarta-feira, 25 de novembro de 2009

O INIMIGO TENTOU FAZER JESUS COMETER SUICÍDIO - Eu me recordo que li algo a respeito da incidência de suicídio entre a população em geral em todo o mundo. A classe médica foi apontada como a que apresentava o maior índice.



ÁREA MÉDICA
Eu me recordo que li algo a respeito da incidência de suicídios entre a população em geral. A classe médica foi apontada como a que apresentava o maior índice do infausto. E o percentual entre os psicólogos/psiquiatras, foi indicado como um dos maiores dentre as categorias dos profissionais americanos.
Há estudos que revelam preocupação das autoridades pelos índices similares no Brasil. (Revista da Associação Médica Brasileira – v. impressa ISSN 0104-4230)
Infelizmente, este é um grave problema que se repete em todo o mundo.

A VITÓRIA DE JESUS
Agora, dentro da compreensão espiritual, lembre-se que o inimigo foi e continua sendo atrevido. Ele tentou até fazer com que o Mestre cometesse suicídio. E você sabe disso: lembra quando ele transportou o Senhor Jesus ao ponto mais alto do templo? E o desafiou dizendo:
Se tu és o Filho de Deus, lança-te de aqui abaixo... (Mt 4.6).
O Mestre, embora fraco fisicamente (pelo jejum voluntário), estava forte espiritualmente, e o venceu naquela investida citando a Bíblia. Jesus respondeu:
Esta escrito: Não tentarás o Senhor teu Deus (Mt 4.7).

O ALERTA DE PEDRO
A ousadia do espírito do mal é sem limites. Nos dias atuais ele “continua caçando” as pessoas, para levá-las a um beco sem saída. E depois indica o suicídio como a única alternativa viável.  
Esse trágico desajuste (sem questionar os pseudos motivos, e eles são vários), acontece unicamente pela falta da perspectiva de Deus, na vida de qualquer um.
Sede sóbrios; vigiai; porque o diabo, vosso adversário, anda em derredor, bramando como leão, buscando a quem possa tragar  (I P 5.8).
Quando o apóstolo Pedro alertou com aquele “sede sóbrios”, ele ressaltou que a pessoa não deveria estar bêbada (decisões incertas e incoerentes), pela ingestão de álcool, drogas, remorso ou outros mil sentimentos e pensamentos ilógicos fragilizados pela incredulidade.
Ser sóbrio é pensar bem. E quem pensa bem acredita em Deus, confia e descansa plenamente Nele. E canta... Como o salmista:
O meu socorro vem do Senhor, que fez os céu e a terra (Sl 121.2).
Pedro acrescenta ainda: “vigiai”. Isto é, permaneça desperto; vigilante; (cabeça livre de pensamentos desenfreados e nocivos); conserve-se atento pronto para resistir - não aceitando buscar a morte, nem a dos outros – nem a própria.
Em seguida ele finaliza o verso dizendo que, o inimigo esta urrando como uma fera. Em certos casos, (depois da aproximação capciosa) ele procura se mostrar de forma aterrorizante para assustar e matar. Ou mesmo conduzir alguém a tentar a sua própria morte.
Certamente, quando o apóstolo exortou desse jeito assim, estava lembrando das palavras de Jesus quando disse:
O ladrão não vem senão a roubar, a matar, e a destruir; eu vim para que tenham vida, e a tenham com abundância (Jo 10.10).
É verdade! Jesus veio para nos dar vida. Não uma vida mesquinha baseada em concepções isoladas e sem fundamento. Ele veio para nos proporcionar uma vida repleta das Suas bênçãos. Porque Ele nos conduz às águas tranqüilas.

O PODER DA FÉ
Desfrute das bênçãos com o desenvolvimento da sua vida nova com Cristo; respire fundo e diga:
Tudo posso naquele que me fortalece (Fp 4.13).  

Nunca se culpe pela fragilidade mental e espiritual de um suicida. Pois, a palavra de Deus nos mostra da responsabilidade individual do ser humano, no que se refere aos seus próprios atos.
Mas cada um é tentado, quando atraído e engodado pela sua própria concupiscência (Tg 1.14).
Nem carregue peso por situações que fugiram do seu controle. Permaneça alerta, porque a petulância do maligno é tão grande, que ele pode vir soprar algo pernicioso para dentro da sua própria consciência.
Cuide da sua fé; dê ouvidos somente às coisas de Deus. E não tire conclusões pela concepção do mundo, mesmo que sejam apresentadas como as mais corretas e plausíveis; mesmo que apareçam envolvidas em trajes sugestivos e científicos.
Ouça pela palavra do Senhor e decida sempre por Cristo.
De sorte que a fé vem pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus  (Romanos 10.17).
Dessa forma, você terá a vitória pelo sangue de Jesus. Isto significa pela justificação e perdão de todos os deslizes, faltas e pecados. Pelo sangue de Jesus que foi vertido em seu lugar. Sacrifício e morte de Jesus, para que você desfrute a vida com abundância!

Ele vive – Aleluia!
Que Deus nos abençoe com o poder da fé, para enfrentarmos os revezes das circunstâncias!

Pastor Renato Moura

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O seu comentário sobre essa matéria será bem recebido.