sexta-feira, 29 de abril de 2016

Feliz Aniversário queridos irmãos gêmeos! Parece que foi ontem... A nossa família se resumia em 4 pessoas, o papai, a mamãe, eu e o Rubens. Morávamos naquela época na Rua Arroio Grande. Certo dia nossa mãe começou a sentir dores...

Parece que foi ontem... A nossa família se resumia em 4 pessoas, o papai, a mamãe, eu e o Rubens. Morávamos naquela época na Rua Arroio Grande, éramos inquilinos do ir. Sebastião e irmã Maria, (pais da irmã Lívia, hoje esposa do Pr. Alcides Fávaro). Certo dia nossa mãe (Esther B. Moura) começou a sentir dores... Então, o papai (Mario S. Moura) deu um jeito de levá-la para o hospital. Eu me apavorei, o Rubens começou a chorar... Eles nos deixaram sozinhos. A vizinhança veio e queriam tomar conta de nós dois, a verdade é que nos confortaram um pouco. Demorou, mas depois o papai voltou e disse que nossa mãe tinha ficado no hospital; eu perguntei se ela tinha melhorado, se ela ia voltar logo... Nem me recordo mais quantos dias passaram, a verdade é que o papai foi buscá-la. Que eu me lembre, foi aí que nos falaram que ela tinha ido ganhar um irmãozinho para nós...
Quando eles voltaram os vizinhos cercaram-nos e nem deixavam a gente ver o bebê que eles tinham trazido... Era um falatório da mulherada, todo mundo entrou em casa, mas eu tive que ficar do lado de fora cuidando do Rubinho. Mas, aos poucos o pessoal começou a sair e nós entramos, também queríamos ver nosso irmãozinho. Eu me aproximei, o papai pegou o Rubens no colo e levou perto o berço. Quando olhei para lá eu vi um lindo bebê enrolado com um xale azul (era o Reginaldo). Ele estava quietinho lá, de vez em quando parecia que ele queria abrir os olhinhos para nos ver...
A mamãe estava deitada, então o papai mandou que nós déssemos um beijo nela. Quando eu cheguei à beira da cama ela falou:  – Cuidado!!! 
É que tinha um outro chumaço enrolado num xale rosa (era a Roseli) do lado dela... Quando eu cheguei pertinho ela nem esperou o meu beijo, foi ela que me beijou, ainda sinto seus lábios no meu rosto...
A mamãe pediu: - Mário, põe o Rubens aqui em cima da cama. Ela ficou com a Roseli deitadinha ao lado, o Rubens sem entender, sentado na cama olhando... O papai pôs atenção para o berço. Eu fiquei ali em pé, parado... apenas observando... E pensei: “me disseram que ela tinha ido buscar um neném, mas ela trouxe dois”. Foi quando eu reparei direito no rosto da nossa mãe, e eu percebi... Percebi que lágrimas rolavam dos seus olhos. De repente eu ouvi a voz forte do papai: Esther, vamos agradecer o Senhor. Em seguida ele começou a orar: "Querido Deus e amado Pai celestial..."

FELIZ ANIVERSÁRIO QUERIDOS IRMÃOS GÊMEOS !
QUE DEUS OS ABENÇOE SEMPRE !!!



Seu irmão Pr. Renato Moura - 27/04/2016.