terça-feira, 20 de agosto de 2013

VOCÊ FOI CHAMADO PARA BRILHAR - Nesse afã de agradar, alguns se esforçam para estarem em todas as reuniões da igreja com o único objetivo...

01 – PARA BRILHAR VOCÊ PRECISA AGRADAR.
Um item muito importante para o cristão que deseja brilhar é saber, se de fato está agradando. E, nesse afã de agradar, alguns se esforçam para estarem em todas as reuniões da igreja com o único objetivo de serem visto por muitos, principalmente pelo líder. Entre esses tais, tem gente que até muda a sua característica pessoal, como jeito de andar, ler, falar, cantar e até mesmo seu jeito de orar, só para estar mais “parecido” com o modelo que julga que a liderança aprova.
Entretanto, para agradar é preciso ter fé. Não em outra pessoa – mas, em si mesmo! Você precisa crer que é capaz; que Deus já fez tudo por você e só está esperando para ver as suas ações e reações.
Nessa linha de raciocínio podemos ler na carta aos Hebreus: 
Ora, sem fé é impossível agradar-lhe; porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe, e que é galardoador dos que o buscam (Hebreus 11.6).

02 – BRILHANDO NA AUTOPROMOÇÃO.
É claro que se você deseja “brilhar”, é necessário que haja em seu interior uma vontade, um desejo de realização sem incertezas. Em primeiríssimo lugar é preciso que essa tal autopromoção seja feita dentro de você mesmo. É preciso que a confiança na sua capacidade seja acreditada primeiro por você. Você não pode começar e pensar que chegará ao triunfo, se nem mesmo você acredita em sua força. 
Mesmo que em alguns pontos da sua vida ou personalidade há uma fraqueza que pode por tudo a perder, e algumas vezes você pensou em desistir de tudo; olhe mais uma vez para “Aquele” único que é perfeito e ouça o que Ele falou a Pedro e aos demais discípulos: 
Para os homens é impossível, mas não para Deus, porque para Deus todas as coisas são possíveis (Marcos 10.27).
Diga: eu vencerei porque Deus está comigo! Eu posso porque eu sou de Deus! E se em qualquer momento a incerteza trouxer alguma dúvida, lembre-se dessas palavras:
Que diremos, pois, a estas coisas? Se Deus é por nós, quem será contra nós? (Romanos 8.31). 
Tudo mudará, se você pode crer! E depois, quando as coisas começarem a dar certo, não se esconda, deixe que saibam o que você está fazendo. Não seja demasiadamente modesto a ponto de outra pessoa levar o mérito daquilo que você fez. Mas, não precisa forçar nada, porque tudo ocorrerá naturalmente dentro da vontade de Deus. Só não diga como Adão disse para Deus: ouvi a tua voz... tive medo e me escondi. 
Só se esconde aquele que está em pecado, aquele que desistiu da luta, aquele que nada faz para ser valorizado. Mas, os vencedores sempre aparecem! Eles estão no topo, pois correram para alcançarem o prêmio.
Posso todas as coisas em Cristo que me fortalece (Filipenses 4.13).

03 – BRILHE A SUA APRESENTAÇÃO PESSOAL.
Você já notou que as empresas de “marketing” para promoverem um produto, o fazem de forma a valorizar o mesmo?  Assim o consumidor enche os olhos com um aspecto sofisticado, com cores fortes e “design” chamativo. 
Você percebeu que na área de programas para computadores, por exemplo, além do acima exposto, um único disco de DVD é vendido numa embalagem onde caberiam pelo menos uns cinquenta? A apresentação conta sim, e muito!
E como você tem se apresentado ultimamente? A sua “embalagem” é a sua apresentação pessoal. A roupa que você veste deve estar sempre bem cuidada, limpa, passada... Os seus sapatos engraxados e, num geral, você deve ter uma aparência bem cuidada com muito carinho. A sua apresentação pessoal deve surpreender aqueles a quem você for apresentado e todos os que lhe veem. Não se trata aqui, por ser um meio cristão, de trajes caros, de grifes famosas, não! Mas, lembre-se: a limpeza tanto a corporal, como a das roupas e calçados devem ser um primor, já que são componentes visuais que apresentam o mais valioso: o programa muito bem elaborado que compõe o seu coração que no momento certo começará a exalar o bom perfume de Cristo.
A procura da perfeição, uma bela apresentação e a imprescindível ajuda de Deus farão com que você, sem dúvida, comece a brilhar.  
A vereda dos justos é como a luz da aurora, que vai brilhando mais e mais até ser dia perfeito (Provérbios 4.18).  

04 – PARA BRILHAR, VOCÊ PRECISA MUDAR.
Eduardo Galeano, escritor uruguaio, autor de mais de 40 obras que foram traduzidas em diversos idiomas, entre elas encontramos “As Veias Abertas da América Latina”, pois bem, ele declarou: "Somos o que fazemos, mas somos, principalmente, o que fazemos para mudar o que somos".  
O apóstolo Pedro disse: 
Humilhai-vos, pois, debaixo da potente mão de Deus, para que a seu tempo vos exalte; lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós (1Pedro 5.6,7).
Ser humilde, não é ser um desprotegido, não é ser um coitado! E afaste-se dessa ideia de que se pode brilhar sem esforço; seja humilde você precisa mudar. Acredite: é necessário que pensamentos arraigados sejam revistos à luz da Bíblia, de maneira franca, extremamente válida, sem chavões pré-concebidos. Então, onde houver necessidade de mudanças, abra o coração para a verdade e deixe o Senhor operar!
Porque Deus é o que opera em vós tanto o querer como o efetuar, segundo a sua boa vontade (Filipenses 2.13).

05 – BRILHE PARA CRISTO. 
Na sociedade globalizada de hoje, com a rapidez que as notícias nos chegam, percebemos a frenética voracidade dos consumidores de última hora que, embora se achem mais cultos e instruídos, acabam colocando no “self-service”
da sua alimentação diária, muito mais joio que trigo.  Dessa forma, esses nem tão inocentes assim, vão se prostituindo voluntária ou involuntariamente acarretando para si e para suas famílias males que dificilmente não os farão chorar. E o pior é que, até na mesa do Senhor há uma mistura nociva, cujo percentual vem provocando intoxicação alimentar nas ovelhas do rebanho de Cristo. 
Os falsos profetas já estão aí aos montes, eles estão atuando fora e dentro das igrejas. Como serpentes fazem seus ninhos e picam inoculando veneno mortal nos incautos que lhes cruzem o caminho.
O Senhor Jesus, entretanto, continua nos dizendo:  
Mas a hora vem, e agora é, em que os verdadeiros adoradores adorarão o Pai em espírito e em verdade; porque o Pai procura a tais que assim o adorem. (João 4.23). Portanto ide, fazei discípulos de todas as nações, batizando-os em nome do Pai, e do Filho, e do Espírito Santo  (Mateus 28.19).
Assim, você pode brilhar praticando o amor de Cristo! Melhore cada vez mais, todos os dias e em todas as ocasiões. Leia jornais, revistas e livros evangélicos. E com muita perspicácia leia os seculares também. Falar e escrever corretamente é fundamental para quem deseja brilhar.
Mas, se por algum motivo você se achar incapaz para uma tão grande obra, que é a de brilhar com Cristo e para Cristo, lembre-se que a obra não é sua – é de Deus. E Ele como Senhor da seara há de lhe dar condições complementando tudo aquilo que lhe falta. E, se por acaso, num momento qualquer, você ficar sem saber o que falar lembre-se o que Deus lhe diz: 
Eu sou o Senhor teu Deus, que te tirei da terra do Egito; abre bem a tua boca, e ta encherei (Salmo 81.10).
Porém, a você meu irmão que deseja brilhar, nunca esqueça a palavra de João “o batista”, que referindo-se a Jesus, assim se expressou: 
É necessário que ele cresça e que eu diminua (João 3.30).

Que Deus nos ajude!

Pastor Renato Moura.

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

INCÊNDIO CRIMINOSO DESTRÓI 2 LIVRARIAS DA SOCIEDADE BÍBLICA DO EGITO

Ataques ocorreram em 14 de agosto, dia em que aconteceram os mais violentos protestos no país.

A Sociedade Bíblica do Egito foi vitimada pela violenta crise institucional que abala o país desde 3 de junho, quando o presidente Mohamed Morsi foi retirado do governo em um golpe militar. Duas livrarias da entidade, que ficam localizadas nas cidades de Assit e Mimia, no sudeste do Egito, foram incendiadas em 14 de agosto, dia em que ocorreram os mais violentos protestos no país.

Nenhum colaborador da Sociedade Bíblica ficou ferido. Por temer a violência dos protestos, a direção da entidade optou pelo fechamento das livrarias e os funcionários foram dispensados. Outras lojas vizinhas às livrarias foram atacadas. Os carros estacionados ao longo dessas ruas foram destruídos.

A Sociedade Bíblica do Egito está em operação há 129 anos e, pela primeira vez, sofreu um ataque dessa natureza. Ramez Atallah, secretário-geral da entidade, agradeceu a Deus pelos colaboradores terem saído ilesos do ataque. Agora, ele pede a todos os cristãos que orem pela rápida restauração dessas livrarias, para que possam continuar a levar a mensagem bíblica aos egípcios.


Ao meu ver,  todo o extremismo leva ao caos.
Vem mesmo a hora em que qualquer que vos matar cuidará fazer um serviço a Deus (João 16.2).

Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, o maior pregoeiro da
paz que esse mundo já viu, preconizava a divulgação e a prática da convivência pacífica entre os contrários. 
Deixai crescer ambos juntos até à ceifa; e, por ocasião da ceifa, direi aos ceifeiros: Colhei primeiro o joio, e atai-o em molhos para o queimar; mas, o trigo, ajuntai-o no meu celeiro (Mt 13.30). 
Embora, Nele também não houvera a passividade e a conivência com os desvios ou rebeldia aos desígnios sagrados, a Sua palavra sempre foi de alerta e ponderação em todos os sentidos. Nunca vimos o Mestre incitando o confronto religioso ou o embate em vias de fato.  
Em Seus ensinos Ele expunha o perigo da continuidade no pecado; apontava a direção a seguir; e proporcionava a transformação de vida para os seus interlocutores. Sem imposição, sem nenhuma violência, apenas com ponderações e alegorias tão simples, mas, ao mesmo tempo, tão profundas que penetravam na alma daqueles que o ouviam. Jesus exteriorizava o Seu evangelho alicerçado em poderosas ações de amor.
E esse conhecimento Ele passou reiteradas vezes aos seus discípulos:
E, em qualquer casa onde entrardes, dizei primeiro: Paz seja nesta casa. E, se ali houver algum filho de paz, repousará sobre ele a vossa paz; e, se não, voltará para vós (Lc 10.5,6).

Na igreja primitiva vemos que o apóstolo Paulo assimilou a lição. 
Fiz-me como fraco para os fracos, para ganhar os fracos. Fiz-me tudo para todos, para por todos os meios chegar a salvar alguns (1Co 9.22).

Não adotamos a cumplicidade com a imoralidade, corrupção, desonestidade ou quaisquer desmandos, pois tudo isso é caracterizado na Bíblia como pecados contra o Senhor.  
Por isso, reservamos o direito dado por Deus da manifestação com “todas as letras”, quando bestialidades ferirem os interesses do Criador.  
Ainda que muitos não entendam, nós, como servos da atualidade, continuamos seguindo o Nosso Mestre e Senhor! 

Pastor Renato Moura.


domingo, 11 de agosto de 2013

Pastor José Apolônio da Silva – foi remanejado para Jerusalém celestial. Bem-aventurados os mortos que desde agora morrem no Senhor. Sim, diz o Espírito, para que descansem dos seus trabalhos, e as suas obras os seguem (Ap 14.13).



Por designação do Nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo, o pastor José Apolônio, 90 anos, partiu para eternidade hoje, dia 10 de agosto de 2013, às 18h00. Ele estava internado há 3 dias no Hospital PAPI - em Natal - Rio Grande do Norte. Deixa viúva a irmã Maria Nazaré da Silva com quem era casado desde 04 de dezembro de 1947.
Nascido em Goianinha - RN, em 09 de fevereiro de 1923, converteu-se a fé evangélica com 20 anos de idade, mais precisamente no dia 13 de junho de 1943.

O pastor José Apolônio, em sua profícua vida, desenvolveu várias aptidões. Escreveu e nos legou várias obras de peso como: "As Epístolas Paulinas; Grandes Perguntas Pentecostais/CPAD". Como articulista em diversos jornais e revistas colocou na vanguarda o meio evangélico do nosso país enaltecendo a graça de Deus. Exímio ensinador, com sua característica pessoal, vinculava o auditório à sua fala, do começo ao fim das suas pregações. E como conselheiro experiente prestou preciosa assistência às famílias e a oficiais eclesiásticos; expresso aqui o meu reconhecimento por seus valiosos préstimos à minha pessoa.

Liderou as Assembleias de Deus em Assu - RN; Campina Grande - PB; Rio Comprido - RJ. Foi também adjunto do pastor Alfredo Reikdal na Assembleia de Deus - Ministério no Ipiranga, em São Paulo, e pastor auxiliar na AD em Natal - RN. Pastor José Apolônio era membro da Casa de Letras Emilio Conde, entidade que reúne os principais nomes da literatura pentecostal assembleiana no Brasil e, em 2003 foi escolhido seu patrono.

"E Jesus lhes disse: Vinde após mim, e eu farei que sejais pescadores de homens (Mc 1.17)". Atendendo o chamado do Mestre, Apolônio foi um excelente pescador! E não por ser o irmão mais velho, mas por nutrir o amor e a dedicação à obra de Deus, ganhou para Jesus, na época o seu jovem mano Antonio Gilberto, hoje pastor reconhecido e honrado nacional e internacionalmente. Ele é, como seu saudoso irmão, escritor de várias obras, entre elas o Manual da Escola Bíblica Dominical, também é o Editor da Bíblia de Estudo Pentecostal.
Aquele peixe que o pastor José Apolônio pescou é considerado atualmente, um patrimônio da maior igreja evangélica do Brasil em termos numéricos, a Assembleia de Deus (Fonte: IBGE - Censo 2010).

Antonio Gilberto recebeu a palavra da salvação através do seu irmão José Apolônio, e alcançou a bênção.
Ora, sem contradição alguma, o menor é abençoado pelo maior (Hb 7.7).
Então, quem hoje passou para o Senhor foi o maior!
Finalizando, transmito à igreja, à família e aos amigos: "Que o Espírito Santo conforte cada coração!"

O Senhor o deu, e o Senhor o tomou: bendito seja o nome do Senhor (Jó 1.21b).

Pastor Renato Moura 

Bibliografia:
www.cpadnews.com.br/interna-4-17173.html
pointrhema.blogspot.com.br/2013/08/pr-jose-apolonio-da-silva-nota-de html
prelielsoares.blogspot.com.br/2013/08/falece-o-pr-jose-apolonio.html

quarta-feira, 3 de julho de 2013

AUTO-HEMOTERAPIA SERÁ QUE É PECADO? Resposta a um comentário feito no artigo: “Auto-hemoterapia – mito ou verdade”.



Sim irmã, a senhora tem todo o direito de acreditar ou não em auto-hemoterapia, afinal de contas todos nós temos esse direito aplicável a todas as áreas da vida. Foi o próprio Deus quem nos conferiu o livre arbítrio, que é a competência que cada pessoa tem de observar, tirar suas conclusões e assumir uma postura diante de qualquer coisa. Porém, devemos utilizar as prerrogativas oferecidas pelo Criador de maneira coerente com a Sua Palavra, e nunca com as crenças e atitudes abusivas baseadas no egocentrismo de quem quer que seja, além do mais, um dia teremos que prestar contas a Ele.
Por isso o reino dos céus pode comparar-se a um certo rei que quis fazer contas com os seus servos (Mateus 18.23).

Observemos que Jesus, o maior entre todos os mestres que já pisaram nesse mundo, assim nos exorta:
Não julgueis segundo a aparência, mas julgai segundo a reta justiça (Jo 7.24).

Marta, irmã de Lázaro acreditava em muitas coisas sobre o “rabi”, amigo da família, mas não acreditava que Jesus tinha o poder de fazer o seu irmão ressuscitar. Muito menos, depois dele ter o seu sangue secado e esse precioso liquido, como todos os órgãos já terem iniciado e se alongado no processo da putrefação. Nisso ela não acreditava! No entanto, Jesus lhe respondeu:
Não te hei dito que, se creres, verás a glória de Deus? (Jo 11.40).

Além disso, deparamos com o extraordinário poder de Cristo quando Ele, na chamada ressurreição de Lázaro, fez aquela maravilha. E aprendemos com a narrativa que, Deus nos permite crer ou não crer. Foi por isso que Jesus precisou despertá-la para a verdadeira fé. Chegou o momento em que Ele próprio bradou: Lázaro sai para fora! E o que estivera morto ouviu a voz daquele que lhe oferecia a vida... E ele ressuscitou!

Essa é a fé que mostra o que é possível pelos “meios naturais”, porque para Ele, Jesus, era, e é natural aquele tipo de ministração. E, assim como, para nós, seus servos, também é possível a operação que promove a regeneração, e embora surpreenda a muitos, a cura pode vir por qualquer dos dispositivos que “O Criador” instalou em nós!

Bem, agora talvez você esteja dizendo que ali foi uma operação de milagre. Eu respondo com toda certeza e alegria. Foi sim! Mas o Mestre nos disse que faríamos outras obras, com possibilidades até de serem maiores do que aquelas que Ele mesmo fez (João 14.12). E isso significa maior em todas as áreas e sentidos
Dessa forma, não sejamos precipitados a ponto de entregarmos os benefícios que nos foram conferidos, para os inimigos da verdade, cuja especialidade é transfigurá-la em mentira.

Será que é mais fácil nos submetermos às pessoas que embora sejam consideradas profissionais e responsáveis, no entanto, como vemos repetidas vezes na mídia: “injetam vaselina liquida na veia da paciente” provocando a morte; pingam colírio impróprio em dose altíssima nos olhos do recém nascido e geram cegueira irremediável; amputam a perna errada do paciente, deixando-o mutilado para sempre... Operam cirurgicamente o que não precisa e o órgão doente permanece. Além de prescrições aviadas equivocadamente por descuido, incapacidade ou incompetência... Ou seria por interesse financeiro pessoal? Quem sabe, interesse corporativo...  E por aí vai.

Quando Deus determinou no livro do Êxodo 12.7 – que o sangue do cordeiro (animal) deveria ser aspergido no batente das portas dos israelitas, e assim eles fizeram. O sangue foi um sinal que proporcionou vida aos primogênitos das famílias e a libertação do povo escravizado no Egito. Aquela ação indicava a purificação e o perdão que viria por Nosso Senhor e Salvador Jesus, o Cordeiro de Deus que tira o pecado do mundo.
Porque, se o sangue dos touros e bodes, e a cinza de uma novilha esparzida sobre os imundos, os santifica, quanto à purificação da carne, quanto mais o sangue de Cristo, que pelo Espírito eterno se ofereceu a si mesmo imaculado a Deus, purificará as vossas consciências das obras mortas, para servirdes ao Deus vivo? (Hebreus 9.13,14).

Quando Jesus esteve fisicamente aqui Ele salvou muitas vidas e fez inúmeras curas físicas. E ainda hoje continua curando. Eu creio nisso! Sou testemunha ocular disso! Glorifico ao Senhor por isso!
Como cristãos que somos, procuremos exercitar a fé Nele. E oremos uns pelos outros, para que saremos (Tiago 5.16).
E também vigiemos com a máxima atenção à exortação que Deus nos deu, quando falou ao apóstolo Pedro... E segunda vez lhe disse a voz: Não faças tu impuro ao que Deus purificou (Atos 9.15).

Agora responda para si mesma, se você for acometida por uma terrível dor de cabeça e o médico lhe receitar analgésicos, você não toma?  E se houvesse necessidade imperiosa, você teria coragem de deixar-se submeter à aplicação de suas próprias células tronco para regeneração de um órgão em processo de falência? O coração, por exemplo, lembrando que o índice maior de mortes em toda a Terra aponta para as doenças cardíacas.
Respondeu?... Teria não é? Foi o que pensei! Então, não nos precipitemos em condenar ao inferno aqueles que buscam nas terapias alternativas complementares, a saúde necessária para o bem estar do corpo. E, não é o caso, mas mesmo que um ladrão tivesse a séculos roubado algo pertencente a gloria de Deus, o legitimo proprietário continuaria sendo o Pai da Eternidade.
Será que não é arrogância contra a verdadeira espiritualidade cristã, o fato de escolhermos em primeira instância os recursos que tão precariamente nos fornecem, ao invés da fé em Cristo que cura as enfermidades da alma e do corpo? Será que não podemos também, abrir as nossas mentes para aquilo que foi Deus quem fez? No caso, o nosso próprio sangue?

Em nenhum momento esse tratamento fere ou tende a macular a pureza do “Evangelho de Jesus”, pois não é um culto a pseudodeuses. É sim, um testemunho que glorifica o verdadeiro Deus, porque Ele forneceu os meios naturais para livrar muitas pessoas das dores infligidas por diversas doenças. E sejamos sensatos, se essa for a saída para tirar a sua doença, você vai lá sim.

Concluindo por esse prisma exclusivamente espiritual, deixo claro que, a meu ver, não é pecado o tratamento denominado “Auto-hemoterapia”. 

Pastor Renato Moura