sexta-feira, 28 de dezembro de 2012

IGREJAS CRISTÃS FECHADAS - parte 1 - surpreendentemente, por mais espantoso que seja...



IGREJAS CRISTÃS FECHADAS
O motivo que me levou a escrever esse artigo com dois focos, não é o que o título sugere. Quero dizer, não exatamente para as duas observações.
Acredito que, subjetivamente a designação também serviria para a segunda. E, surpreendentemente, por mais espantoso que seja o mesmo título serve sim, para as duas ponderações.
Analise esse abreviado e tire você mesmo as suas próprias conclusões.

CHINA
De acordo com agências internacionais, a China pretende fechar completamente as igrejas Evangélicas. Um processo gradual que abrangerá três etapas está em andamento. Essas informações foram obtidas a partir de uma comunicação feita em abril pela “Associação de Ajuda à China”, uma ONG que envia obreiros em missão para aquele país.
Entre os meses de janeiro a junho, o objetivo era o de catalogar todas as igrejas que funcionam nas casas.  As autoridades montam um arquivo geral com as informações que julgam necessárias e formam um dossiê minucioso sobre os envolvidos. Em um documento publicado no mês de setembro p. p., em aula de treinamento mantida pela “Administração Estatal para Assuntos Religiosos da China”, a intenção apareceu claramente exposta.
O plano deixa claro que, na etapa dois haverá, até dois anos adiante, uma coação para que “voluntariamente” as igrejas sem registro se filiem ao “MPTA-Movimento Patriótico da Tríplice Autonomia”, o que permitirá um monitoramento integral sobre tudo o que se passa nas igrejas. Para a etapa de número três, que deverá ser concluída em até dez anos, as igrejas que relutarem em adotar as novas regras impostas, terão seus lideres presos e condenados até à morte e as igrejas fechadas.

INDONÉSIA
Autoridades da localidade de Aceh, ao norte da ilha de Sumatra, na Indonésia, fecharam as portas de 17 igrejas cristãs e suspenderam suas atividades, somente no mês de maio. A Expectativa é que mais igrejas serão fechadas, pois, grupos radicais islâmicos e anticristãos continuam exercendo as pressões contra os cristãos.
As igrejas foram fechadas devido a um acordo a que foram obrigadas a assinar no ano de 2001, o qual definia uma igreja na província e apenas quatro capelas. Entretanto o crescimento tem sido grande e novos acordos foram firmados e, ao que parece, agora tornados sem efeito. Daí, o fechamento das igrejas.  
Na região está em vigor a Sharia, lei islâmica que, a rigor, só deveria ser aplicada aos muçulmanos. No entanto, as autoridades fazem vista grossa e extremistas entre a população impõe seus preceitos e interpretações por conta própria. Essa situação torna muito difícil a vida dos fiéis cristãos.
Representantes do governo destacam que há desrespeito à “Pancasila”: lei fundamental dos cinco princípios que regulamenta a convivência entre as comunidades religiosas.



Leia também: IGREJA CRISTÃ FECHADA
                                Parte 2 – CLIQUE AQUI 

                                Parte 3 – CLIQUE AQUI

IGREJAS CRISTÃS FECHADAS - parte 2- No Irã, Pastor Nadarkhani é preso de novo.



CAZAQUISTÃO

Uma lei reguladora das atividades religiosas foi homologada no mês de outubro de 2011 e, em seu bojo, trouxe a exigência de que as igrejas fizessem um recadastramento até o dia 25 de outubro de 2012.  

Houve contrariedade quanto ao processo de recadastramento com afirmações por parte de vários grupos, de que ele é muito complexo, pesado, arbitrário, desnecessário e dispendioso. Para satisfazer a lei, a igreja deve ter pelo menos 5 mil membros no país, 500 em cada região e 50 em cada localidade. Sendo que, não alcançando esses níveis, não há como recadastrar-se. Dessa forma, os pequenos grupos ficam na ilegalidade e têm suas igrejas fechadas por determinação dos tribunais.

Segundo a rigidez que compõe a nova lei, mais da metade das 46 religiões anteriormente reconhecidas, ou seja, 60% foram consideradas ilegais e tiveram suas atividades suspensas; apenas 17 permanecem funcionando. O novo regulamento favorece as "religiões tradicionais" do país: islamismo, cristianismo ortodoxo, catolicismo romano, judaísmo e budismo. As autoridades estão intensificando severidade a alguns grupos de protestantes “Evangélicos”, que são considerados como "não integrantes dos tradicionais".

A “Igreja Pentecostal Luz do Mundo” foi acusada de falsidade e descumprimento de prazo no cadastramento. Um dos seus fundadores morreu, mas o seu pastor Pavel Semlyanskikh, afirmou que o falecimento deu-se depois que a documentação fora entregue. E que a ocorrência não pode ser a causa para o “não registro da igreja”, já que a exigência da lei é que haja 50 nomes. Sendo que e a “Igreja Pentecostal Luz do Mundo” havia apresentado 54 nomes. Além disso, com o falecimento daquele irmão, foi reapresentada outra relação de nomes atualizada no dia 24 de outubro de 2012, e o prazo limite foi dia 25 de outubro de 2012.  Mesmo assim, o chefe do “Departamento Regional de Justiça” disse que a referida igreja não fez as correções a tempo. 

As igrejas cristãs foram e ainda são as mais afetadas: líderes de igrejas protestantes afirmaram que foram iludidos ou coagidos a aceitarem passivelmente o fechamento de suas igrejas, com a alegação de que poderiam funcionar como filiais de grupos legalizados. Ou até mesmo solicitarem seus registros como novas organizações. Porém, tais pedidos têm sido negados e as igrejas permanecem fechadas.



IRÃ

Se não bastasse o fechamento de igrejas cristãs em diversos países, somos surpreendidos por outra notícia lamentável vinda do Irã.

A CSW-Christian Solidarity Worldwide, entidade mundial de solidariedade cristã informou sobre o Pastor Yousef Nadarkhani que estivera preso por 3 anos sob acusação de apostasia do islamismo e condenado à morte, o qual fora solto em setembro/2012, após o forte clamor mundial em seu favor.

Na época, em sua defesa se posicionaram várias entidades e personalidades de todo o mundo, incluindo os senadores brasileiros: Magno Malta (PR/ES), presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa da Família Brasileira; Sergio Petecão (PSD/AC); Paulo Paim (PT-RS), Presidente da Comissão de Direitos Humanos; Marcelo Crivella (PRB-RJ), hoje ministro da pesca no governo da presidente do Brasil, Dilma Rousseff.  Assim é que o pastor Yousef Nadarkhani foi absolvido da acusação de apostasia, e consequentemente da pena de morte, porém, condenado a três anos de prisão por propagar a fé em Cristo entre os muçulmanos. No entanto, por já haver cumprido três anos de reclusão ele foi solto, após o pagamento de fiança, para alegria da sua esposa e filhos. A esposa do pastor, que também estivera presa, já havia sido libertada anteriormente. Convém ressaltar a habilidade legal do advogado que defendeu o casal: Mohammed Ali Dadkhah.



PR. YOUSEF NADARKHANI É PRESO OUTRA VEZ

O pastor Nadarkhani, 35 anos, foi conduzido outra vez no dia 25/12/12 à prisão de Lakan, em Rasht. Esse é o mesmo local onde ele esteve preso. A suposta nova reclusão deve-se “supostamente” para completar alguns dias (45 dias), que faltaram da condenação imposta e também para os trâmites legais dos documentos. O ACLJ-The American Center for Law and Justice - comunicou que essa recondução de um homem libertado por ordem judicial iraniana à prisão, é um flagrante desrespeito do Irã para o direito internacional.

Agravando a situação o advogado que atuou no caso Nadarkhani, encontra-se também recolhido num dos piores e abusivos centros de detenção do Irã, a prisão de Evin. Informes dão conta que o seu estado de saúde está bastante debilitado devido às condições que vem sendo submetido. O advogado teria sido preso como retaliação por sua defesa ao pastor e ataques contra os direitos humanos do regime islâmico radical iraniano.



Lembramos que o presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, em novembro de 2009 visitou o Brasil tendo sido recebido pelo então presidente Luiz Inácio Lula da Silva. O mandatário iraniano, por várias vezes se utilizou em seu discurso termos e frases como: fraternidade, fim das guerras, fim das injustiças. Pois bem, eis aí uma boa oportunidade para que Ahmadinejad evidencie que fala a verdade, e que essa suposta verdade seja abrangente também às minorias evangélicas do seu próprio país.



Leia também: IGREJA CRISTÃ FECHADA

Parte 3– CLIQUE AQUI   

IGREJAS CRISTÃS FECHADAS - parte 3 - Aqui mesmo em nosso “Brasilsão” poucos são os que de fato...




RÚSSIA Igreja Pentecostal da Santíssima Trindade de Moscou foi demolida por ordem das autoridades.

Logo depois da meia noite do dia 6 de setembro de 2012, funcionários com amparo policial, auxiliados por voluntários, derrubaram o prédio de 3 andares da igreja .
Segundo informações, os utensílios e outros objetos da comunidade foram destruídos ou roubados.  
Três dias após a demolição, no domingo, cerca de 200 irmãos liderados pelo pastor Vasily Romanyuke, mesmo embaixo de chuva, cultuaram ao Senhor Jesus.  
Segundo informes da CBN News um cristão disse: “agora não podemos fazer nada, apenas orar e chorar”.
Os irmãos reunidos em meio aos escombros, corajosamente colocaram faixas de protesto; numa delas estava escrito: “A construção foi derrubada, mas a igreja está viva”.
A explicação para o ato foi de que, o governo está tirando as igrejas de áreas centrais e fornecendo terrenos em locais mais afastados para que possam construir de novo os prédios. 

Essa é a realidade enfrentadas pelos fiéis em muitos lugares. Dá para perceber que o o "homem do pecado" está se levantando e, brevemente,  teremos um arrocho na liberdade da propagação das santas verdades bíblicas. 
Ninguém de maneira nenhuma vos engane; porque não será assim sem que antes venha a apostasia e se manifeste o homem do pecado, o filho da perdição (II Ts 2.3). 
Por isso, enquanto temos condições, devemos proclamar a verdade do amor de Deus em Cristo Jesus, o Nosso Senhor. Só Ele pode salvar! E lembremo-nos que se nos calarmos, se cochilarmos, se procrastinarmos, Em nosso lugar Ele levantará outros para esse trabalho.
Respondeu Jesus e disse-lhes: Digo-vos que, se estes se calarem as pedras clamarão (Lc 19.40).


BRASIL
É alarmante a maneira constatada pelas ações de muitos líderes cristãos do nosso país: não tomam nenhuma posição quanto aos fatos de humilhação a que são forçados nossos irmãos espalhados no mundo. E até aqui mesmo em nosso “Brasilsão”, poucos são os que de fato se preocupam com o evangelismo. Sabemos que algumas dessas lideranças alegam que, o que está acontecendo é uma coisa natural, que se deve esperar isso mesmo, pois estamos no final dos tempos. Outros dizem que estão ocupados na pregação da “Palavra”. E outros, acreditem! Desculpam-se dizendo que estamos em final de ano. Natal é tempo de festas!
Gostaria de saber se essa situação estivesse ocorrendo em sua própria família ou igreja haveria toda essa negligência?
E por falar em “Natal”, vamos lembrar o que ele significa? Nascimento! Nesse caso, nascimento de Jesus, o Salvador do mundo.
Por convenção o nascimento de Jesus deu-se no dia 25 de dezembro...

Não vou entrar nesse assunto – mas, se quiser veja o outro artigo que escrevi. 
CLIQUE NO LINK: ARTIGO QUE TRATA SOBRE A DATA DO NASCIMENTO DE JESUS.

A igreja, ainda que simbolicamente, é a casa do Senhor.
Alegrei-me quando me disseram: Vamos à casa do Senhor (Salmo 122.1);
...Como convém andar na casa de Deus, que é a igreja do Deus vivo, a coluna e firmeza da verdade (ITm 3.15).
Ora, se Jesus faz aniversário dia 25 de dezembro;
Se a igreja é a casa Dele;
Se os inimigos do cristianismo se arvoram em aprisionar e matar os fieis servos de Cristo;
Se estamos no final dos tempos;
Hipócritas, sabeis discernir a face do céu, e não conheceis os sinais dos tempos? (Mt 16.3b);
Como ouvistes que vem o anticristo, também agora muitos se têm feito anticristos, por onde conhecemos que é já a última hora (IJo 2.18).
Como se explica que muitos homens chamados “de Deus”, adiantaram cantatas, recitais natalinos, celebrações, meditações na “Palavra”, para dias anteriores e deixaram a “IGREJA CRISTÃ FECHADA”, justamente no dia de Natal?
Alguns desses alegaram que tinham viagem de férias marcada Sabem para onde? Outros deixaram substitutos fazendo suas vezes, aqueles que eles mesmos quase nunca dão oportunidade da pregação... (baixo clero?) Se têm que viajar, descansar, que o façam sim, isso é aconselhável e saudável. Mas, nessa época em que muitos precisam de uma palavra de conforto? que muitos solitários estão à beira do suicídio? que a porta da casa do Senhor deveria permanecer aberta para o congraçamento espiritual de todos?
É deplorável! salvo algumas poucas exceções justificáveis, isso está acontecendo. É o amor esfriando!
E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos esfriará (Mt 24.12).
Mas, não é figura de linguagem não! Eu tive conhecimento de uma grande igreja que está fechada por conta das festas e do “Natal”... Mas, depois das férias vão reabrir...
Maldito aquele que fizer a obra do Senhor fraudulosamente (Jr 48.10).

Que Deus tenha misericórdia de nós!
                                          
                                                          Pr. Renato Moura



Leia também: IGREJA CRISTÃ FECHADA




BIBLIOGRAFIA
Almeida, J. Ferreira. Bíblia Sagrada.  SBB-Sociedade Bíblica do Brasil, São Paulo, 1969
Acessado em 24/12/12
acessado em 24/12/12
Gaudium Press – Rádio do Vaticano

http://www.cpadnews.com.br/integra.php?s=12&i=14887

Acessado em 24/12/12

http://www.cpadnews.com.br/redacao.php?s=12&i=14896

Acessado em 27/12/12

http://www.estadao.com.br/noticias/nacional,saiba-mais-sobre-a-visita-do-presidente-do-ira-ao-brasil,470587,0.htm

Acessado em 28/12/12

http://portugues.christianpost.com/news/memros-da-igreja-demolida-na-russia-realizam-culto-em-meio-a-ruinas-12744/ - acessado em 29/12/12