segunda-feira, 25 de fevereiro de 2008

ATALHOS DA ILUSÃO. Dessa maneira não assumem as responsabilidades inerentes, as quais lhes seriam atribuídas, caso admitissem a conformidade bíblica...


ATALHOS DA ILUSÃO
Renato Moura

É imensamente grande o número de pessoas que se agarram a determinados atalhos ilusórios para não entrarem no caminho da realidade.
Dessa maneira não assumem as responsabilidades inerentes, as quais lhes seriam atribuídas, caso admitissem a conformidade bíblica. E assim, vivem explicando o que não podem explicar, esperando o que nunca acontece, fazendo planos que nunca se realizam.
Muitos sabem que não existe a menor chance de ser obtido o êxito almejado, seja ele físico, material, espiritual ou mesmo sentimental; se não houver uma mudança de 180° (alguns chegam a 170°). Mesmo assim, fraudando a si próprios persistem iludidos nos descaminhos do engano.
Porque há e sempre haverá uma exigência, um contra-peso; eles passam a vida toda fugindo dos encargos. Dessa forma, não encontram a possibilidade de usufruir os “tesouros escondidos” que a vida dispõe para os sinceros que, ao levantarem pela manhã, dizem bom dia e esforçam-se para procurá-los. Mas, Deus continua falando a eles e a todos nós:
Vinde então, e argüi-me, diz o Senhor: ainda que os vossos pecados sejam como a escarlata, eles se tornarão brancos como a neve; ainda que sejam vermelhos como o carmesim, se tornarão como a branca lã. Se quiserdes, e obedecerdes, comereis o bem desta terra (Isaías 1.18,19).
© R Moura – Publicação livre – se indicado o autor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

O seu comentário sobre essa matéria será bem recebido.